Big Data: conheça o queridinho na tomada de decisão

Autor Base em Tecnologia Categoria: Tecnologia da Informação Sem Comentários

Você sabia que 2,5 quintilhões de bytes (1018 Bytes) são gerados diariamente? Esse número está relacionado às mais diversas ações pessoais, sendo elas um simples post em uma rede social ou então uma movimentação financeira. Todo este universo de informações valiosas está disponível para as empresas, pois podem ser usadas com o intuito de conhecer melhor os clientes, entender seu comportamento de compra, prever uma possível crise em algum nicho do mercado e até uma migração de clientes para a concorrência, tudo isso graças ao Big Data.

Para que seja possível a análise e a interpretação de grandes volumes de dados com enorme variedade, é necessário o uso de ferramentas específicas de Big Data que permitem que os profissionais de T.I. trabalhem de maneira rápida e simplificada com todas essas informações não organizadas.

Continue a leitura e confira o que é e a importância desse aglomerado de informações milagroso que ajuda gestores em todo mundo e todos os dias em suas tomadas de decisões.

Conhecendo o Big Data: o que é e como funciona

Em T.I, o termo Big Data refere-se a um grande conjunto de informações geradas e armazenadas, as quais os softwares de processamento de dados tradicionais não conseguem lidar em tempo hábil, na verdade não tão rápido o suficiente para serem de utilidade para as corporações. Sua origem está relacionada com o aumento exponencial do volume de informações geradas a todo tempo.

Ok, entendido, mas como o big data pode me ajudar?

Basicamente assim: o Big data está diretamente ligado a oportunidade e possibilidade de usar todos esses dados dispersos, inseridos em inúmeros canais na rede através da experiência de seus usuários, para obter insights rápidos, elaborar estratégias assertivas que criarão soluções para o negócio. Desta forma, é possível atender às exigências do consumidor, que atualmente está a maior parte do tempo online, e gerar competitividade num mercado em constante metamorfose.

Essas informações são analisadas e confrontadas gerando insumos e dados suficientes para criar estratégias e campanhas que atinjam seu público alvo com soluções efetivas. Sendo assim, é possível ter uma abordagem precisa que, consequentemente, aumentará as taxas de sucesso das campanhas e trazer redução nos custos operacionais.

Além disso, usando o Big Data podemos alcançar benefícios em outros aspectos, como:

– Antecipação de tendências do mercado;

– Previsão sobre padrões de comportamento;

– Público-alvo precisamente segmentado;

– ROI eficiente;

– Comunicação personalizada.

Podemos detalhar o conceito de Big Data explicando seus 5 V’s, aspectos nos quais o conceito deve ser embasado. Esta é uma maneira simples de complementar a explicação:

  • Volume, Variedade e Velocidade:

Diz respeito à enorme quantidade de informações, de todos os tipos, que precisam de análises rápidas possíveis através de ferramentas que trabalhem com o big data.

  • Veracidade e Valor

Veracidade se refere à qualidade das informações e suas fontes, que devem sempre ser confiáveis. O valor são os benefícios gerados à empresa através do uso de soluções de Big Data.

Tipos de dados do Big Data

Agora que está ciente do que se trata o Big Data e como ele pode ajudar, vamos explicar um pouco sobre os tipos de dados que estão vagando desorganizadamente na internet.

Os dados do Big Data são divididos em 3 grupos:

  • Social

São os dados gerados pelos usuários da rede e tipos de informações que correspondem ao comportamento deles, obtidos na internet através das redes sociais, fóruns, ou quaisquer meios que possibilitem a interação direta (quando ele digita algo, por exemplo) ou indireta (tipos de páginas que ele frequenta, conteúdo que consome e produtos que possui interesse de compra).

  • Enterprise Data

Todas as informações geradas diariamente pelas empresas, podendo ser dados financeiros, recursos humanos, operações online e etc.

  • Personal Data

São dados coletados através de dispositivos conectados à internet e personalizados por seus usuários. Neles podem conter informações valiosas, como o hábito das pessoas, lugares que costuma frequentar, programas de TV assistidos, rotas usadas no trânsito e etc. Basicamente, essas informações são coletadas através da IOT (Internet of Things – internet das coisas).

Esses dados são gerados através de dispositivos conectados à internet que se comunicam, desde carros, smartphones, relógios, até mesmo geladeiras e todos os tipos de smart buildings (casas, edifícios, mercados e shoppings inteligentes). Um bom exemplo são as informações disponibilizadas pelo Google Maps e Waze sobre as condições do trânsito em tempo real, criando a possibilidade de rotas alternativas na logística de um produto.

A importância das informações contidas no Big Data não gira somente em torno do volume de dados disponibilizados, mas sim no que é feito com eles. Através de ferramentas e soluções para Big Data é possível analisar minuciosamente esses dados e encontrar a saída para problemáticas que, muitas vezes, ainda nem eram conhecidas.

Os resultados são, basicamente:

  • Redução de custos;
  • Economia de tempo;
  • Desenvolvimento de novos produtos e otimização de ofertas;
  • Tomada de decisões inteligentes e eficazes.

Além disso, quando a inteligência analítica é combinada com o Big Data, é possível realizar tarefas internas como:

  • Encontrar falhas, suas causas, defeitos e problemas em um curtíssimo período de tempo;
  • Recalcular carteiras de riscos rapidamente;
  • Detectar comportamentos e dados fraudulentos antes de causarem danos à empresa.

Agora que você já sabe o que é o Big Data e como ele pode ajudar a alavancar os seus negócios, acesse nosso site e conheça a Base e nossas soluções em tecnologia.

0 Likes

Redesenho Logo - png-07
Av. Icaraí 1717 - Sala 713
Bairro Cristal - Porto Alegre/RS
(51) 3407-7579
(51) 98136-4542
contato@baseemtecnologia.com.br

Base Em Tecnologia - Todos os direitos reservados.